Atualmente, é difícil falar em projetos de construção de excelência sem falar em melhores práticas. Sabemos que para desenvolver um bom escopo e executar uma obra com perfeição, cumprindo prazos e não estourando o orçamento, é necessário adotar certas medidas que tragam produtividade e segurança.

Diversas associações do setor têm contribuído na elaboração dessas práticas. Na vanguarda desse movimento podemos citar a COAA (Construction Owners Association of Alberta), uma das referências mundiais em melhores práticas na indústria de construção que transformou Alberta, província canadense, em um exemplo de produtividade e segurança na construção.

Neste artigo, abordaremos um pouco da história da COAA, quais são os principais prêmios distribuídos pela associação e quais foram seus resultados.

Confira!

História da COAA

Desde 1973, a COAA tem trabalhado para tornar o segmento de construção em Alberta mais segura e eficiente.

Os membros da Construction Owners Association of Alberta são empenhados em melhorar a segurança e a produtividade no setor, em compartilhar informações e percepções entre si e em trabalhar para tornar a indústria da construção de Alberta a melhor do mundo.

Aqui está uma pequena linha do tempo da associação de 1973-2012:

  • 1973

A COAA é criada como uma organização sem fins lucrativos. A ideia era formar um fórum de compartilhamento de ideias e informações para empregadores de mão de obra e materiais da construção.

O primeiro presidente é D.W. Scott da empresa Syncrude.

  • 1976

As prioridades nos primeiros anos incluem a melhoria das relações de trabalho na construção e a previsão da força de trabalho.

Em regime de meio período, um gerente da associação, o Sr. C.A. Hames, é contratado pela primeira vez. O Sr. Barney Benson assume a função, como diretor administrativo, no início de 1978.

  • 1977

Após ter se instalado em escritórios emprestados ou alugados, obtém seu próprio escritório em 9947 Saskatchewan Drive, Edmonton, Alberta, Canadá.

  • 1980

Encomenda um importante estudo sobre a produtividade da indústria de construção.

  • 1985

O Construction Safety Committee (Comitê de Segurança da Construção) é formado.

A COAA se junta ao consórcio Alberta Chamber of Resources (Câmara de Recursos de Alberta). Don Currie é o Diretor Executivo de ambas as organizações.

  • 1988

Realiza seu primeiro seminário de segurança.

  • 1993

Realiza o primeiro “workshop” de Melhores Práticas. Cerca de 80 delegados comparecem.

  • 2000

O sétimo workshop de Melhores Práticas atrai 400 participantes registrados.

Don Currie se aposenta e é substituído por Brad Anderson.

  • 2002

A associação torna-se membro fundador do Work Safe Alberta Mentorship Program.

  • 2012

Comemoração do seu 20º workshop com uma conferência de melhores práticas atraindo centenas de delegados.

 

Visão, missão e proposta de valor da COOA

Visão

A COAA apresenta a seguinte visão:

Alberta ser reconhecida pela excelência coletiva na entrega de bens de capital de nível mundial;

A COAA ser reconhecida como um catalisador eficaz para a melhoria contínua.

Teremos alcançado essa visão quando:

  • As empresas associadas à COAA tiverem forte reputação por projetos seguros que atenderem às necessidades dos proprietários, em termos de especificações, cronogramas e orçamentos.
  • Os principais projetos de Alberta atraírem consistentemente investimentos de empresas da província e de investidores externos. Investimento é o reconhecimento de que “acertamos”, em combinação com as vantagens de Alberta.
  • Problemas e oportunidades comuns serem tratados de forma eficiente por meio de ações colaborativas para o benefício de todos; as empresas associadas reconhecerem o papel de liderança colaborativa desempenhado pela COAA.

A COAA deve agrega valor para Alberta e albertanos, pois nosso setor aumenta a competitividade de Alberta na atração de investimentos de capital para o crescimento sustentável de nossa economia.

Missão

A COAA tem a seguinte missão:

Facilitar a liderança do proprietário para promover o progresso colaborativo nos setores de construção civil e manutenção industrial de Alberta.

Conseguiremos isso por meio de:

  • Foco em nossas estratégias abrangentes para o sucesso: excelência em segurança, produtividade “big P” e inovação eficaz.
  • Ação com base em nossa crença “se a mudança acontecer, os proprietários devem liderá-la e toda a equipe deve apoiar”.
  • Aproveitamento do nosso fórum exclusivo para criação do diálogo, senso comum e visão compartilhada entre empresários, empreiteiros, fornecedores de mão de obra e governos.
  • Defesa das mudanças positivas por meio de um portfólio de táticas – melhores princípios, melhores práticas, cultura de melhoria contínua, iniciativas inovadoras de mudança de etapa.
  • Promovendo a união, inspiração, liderança e ferramentas práticas para as empresas progredirem em segurança, produtividade e inovação.

As empresas membros do COAA agregam valor ao se envolverem com uma comunidade colaborativa para o bem comum: COMPARTILHAR-APRENDER-LIDERAR.

Proposta de valor

A proposta de valor da COAA é a seguinte:

A COAA agrega valor para Alberta e albertanos à medida que nosso setor aumenta a competitividade de Alberta na atração de investimentos de capital para o crescimento sustentável de nossa economia.

  • Plantas industriais pesadas e desenvolvimentos estão possibilitando ativos que agregam ao PIB provincial por décadas.
  • Enquanto as atividades de construção adicionam um impulso imediato ao emprego, as operações da planta também geram negócios, engenharia e carreiras científicas por gerações.
  • Existem muitas facetas na competitividade jurisdicional: a entrega de ativos segura, produtiva e confiável é a única faceta que a COAA e os Membros podem afetar diretamente.

Prêmios distribuídos pela COAA

Anualmente a COAA reconhece empresas e organizações que promovem liderança notável no desenvolvimento, implementação e melhoria das melhores práticas do setor, que levaram a avanços mensuráveis no desempenho de projetos, empresas ou setores.

Os prêmios são apresentados na Best Practices Conference em maio para celebrar os líderes do setor e fornecer modelos inspiradores para os membros da COAA e para o setor em geral.

Os prêmios são alternados entre três temas para fornecer foco e tempo suficiente para as organizações fazerem progressos substanciais de um ciclo para o próximo. Duas categorias para cada prêmio acomodam organizações grandes e pequenas.

  • Liderança de Segurança (2020)
  • Desenvolvimento da força de trabalho (2021)
  • Desempenho de construção (2022)

Além desses principais prêmios, há outros que a COAA oferece:

Prêmio Don Currie de Reconhecimento

Nomeado para homenagear D.V. (Don) Currie, P. Geol., que atuou como o terceiro Diretor Executivo da COAA de 1985 a 2000, a COAA apresenta este prêmio anualmente para reconhecer aqueles indivíduos cujo serviço dedicado e de longa data contribuiu para o sucesso da associação.

Bolsas de estudo AIT

A COAA criou cinco bolsas apresentadas pela Alberta Apprenticeship and Industry Training (AIT) para reconhecer a excelência dos aprendizes de Alberta em um comércio ou estagiários em ocupações designadas e para incentivar os destinatários a concluir seus programas de aprendizagem ou treinamento ocupacional. As bolsas COAA têm o nome de Neil Tidsbury, Jeph Virtue, Brian Bickley, Stephen Revay e Herb Holmes. Para obter mais informações sobre o programa de bolsas de estudo de Alberta, clique aqui.

Principais resultados

A COAA detém um histórico de resultados positivos e impactantes. Para exemplo, citamos aqui o caso da empresa NOVA Chemicals.

A NOVA Chemicals Corporation (“NOVA Chemicals”), fornecedora líder de polietileno nas Américas, concluiu o start-up de seu novo reator de fase gasosa de polietileno linear de baixa densidade (LLDPE) em escala mundial em Joffre, Alberta. O novo reator foi iniciado em dezembro de 2016. A usina tem operado dentro das expectativas desde a partida.

Este foi o primeiro novo reator LLDPE nas Américas em mais de uma década. A nova capacidade permite que a NOVA Chemicals atenda à crescente demanda por filmes flexíveis usados ​​em embalagens de alimentos, sacos pesados ​​e revestimentos de latas.

A adição deste reator aumenta a capacidade de produção de LLDPE da NOVA Chemicals em cerca de um bilhão de libras, dando à empresa uma capacidade de produção total de polietileno de aproximadamente 5 bilhões de libras.

O buteno LLDPE da NOVA Chemicals é conhecido na indústria por uma gama de benefícios, incluindo excelente equilíbrio de propriedades físicas, uniformidade e consistência do produto e o melhor desempenho de gel da classe.

O projeto recebeu a decisão final de investimento em fevereiro de 2013, a construção começou em junho de 2013 com a Conclusão Mecânica ocorrendo em agosto de 2016, seguida por uma inicialização bem-sucedida em dezembro de 2016. Durante o pico das atividades de construção, havia 750 recursos de embarcações e gestão e equipe de 200 pessoas para um nível total de recursos do site de pico de 950 pessoas.

O escopo do projeto incluiu a planta principal, incluindo o reator, extrusora, instalações de carregamento ferroviário, além da adição de um pátio de armazenamento de 500 vagões e modificações na planta de polietileno existente para alimentação, fabricação de catalisadores e utilidades.

O projeto foi concluído dentro do orçamento com um cronograma de sucesso para estar online mais de um ano antes da primeira onda de expansão do Polietileno na América do Norte. O sucesso do projeto foi resultado do relacionamento colaborativo e objetivos comuns com nossos talentosos parceiros de engenharia, fornecedores e construção. Muitos desafios foram resolvidos em tempo hábil devido a essas relações.

“O novo fornecimento de LLDPE de nosso Projeto de Expansão PE1 aumentará a posição da NOVA Chemicals como fornecedor líder de polietileno nas Américas, ajudando nossos clientes a crescer e ter sucesso em seus negócios”, disse o vice-presidente sênior de negócios de polietileno, Chris Bezaire.

 

Quer saber mais sobre as melhores práticas do mercado e suas associações? Então acesse nosso blog e mantenha-se atualizado.